O homem que registrou as origens do punk

Cineasta, DJ e músico, o inglês de ascendência 
jamaicana Don Letts já ganhou 
Grammy de documentário musical

Rodrigo Carneiro, Valor

"Testemunha ocular e personagem central da história do punk inglês, o cineasta, DJ e músico britânico Don Letts, de 52 anos, é um dos homenageados da edição 2012 do In-Edit Brasil - Festival Internacional de Documentário Musical, que começou na última sexta-feira. Além da presença do realizador, quatro de seus documentários integram a programação: "The Punk Rock Movie" (1978), "The Clash - Westway to the World" (2003), "Punk: Attitude" (2005) e "Rock'n'Roll Exposed - The Photography of Bob Gruen" (2012).

De ascendência jamaicana, Letts foi responsável por parte substancial de educação musical daqueles que fizeram parte da primeira geração punk na Inglaterra, no final dos anos 1970. Como DJ do lendário clube Roxy, apresentou àquela garotada o que se fazia musicalmente na ilha caribenha.

"Tudo aconteceu por acaso. O Roxy era um ponto de encontro punk, mas ainda não havia discos do gênero lançados. A cena estava apenas começando no Reino Unido. Eu, então, tocava a música que sempre amei, o dub reggae", diz Letts. As poderosas linhas de baixo e o discurso rebelde de filiação rastafári conquistaram os integrantes de bandas que mudariam os rumos da música pop. Tanto que Bob Marley (1945-1981), em passagem por Londres, quis conhecer mais sobre essa turma e foi elucidar as dúvidas com o DJ. Introduzido por Letts ao universo punk, um dos maiores artistas do século 20 compôs "Punky Reggae Party".
Artigo Completo, ::Aqui::

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...