A vez do marketing no futebol brasileiro


Amir Somoggi, meio&mensagem

“A contratação por parte dos clubes brasileiros de grandes nomes do futebol mundial para jogar por aqui chamou a atenção de todos. Os acertos de Seedorf com o Botafogo e do Forlan com Internacional abriram uma nova perspectiva para nosso mercado, já que definitivamente deixamos de ser exportadores de matérias primas e nos tornamos importadores de grandes jogadores, reconhecidos mundialmente.

Antes desses nomes, os casos de Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho, Deco, Fred, somente para citar alguns exemplos e a presença de Neymar no Santos, já vinham sendo apregoados como exemplos dessa mudança.

Esse fluxo de jogadores reconhecidamente importantes para cá foi fruto de um processo de ampliação das receitas de nossos clubes, especialmente desde a mudança dos valores recebidos pela TV. Isso possibilitou que os clubes tivessem mais dinheiro para pagar salários bem mais elevados para os ídolos.

Assim, nesse novo cenário, os departamentos de marketing dos clubes começam a ser enxergados pela primeira vez no Brasil como fundamentais para viabilizar essas contratações.

Essa realidade tão presente na Europa e por muito tempo esquecida por aqui é fundamental para que esse fluxo de contratações não se transforme em um desastre financeiro para nossos clubes.”
Artigo Completo, ::AQUI::

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...