Maconha da Lata


Piero Locatelli, CartaCapital

“Você imagina o sujeito que é usuário de drogas, está na praia, vê uma lata boiando, abre e está cheia de maconha. Isso é como a lâmpada do Aladim. Onde já se viu maconha boiando de graça? Mas isso não é lenda urbana. Aconteceu realmente e foi o verão da lata, entre 1987 e 1988”, lembra o delegado Antonio Rayol sobre o que aconteceu no Rio de Janeiro há quase 25 anos. A história, desacreditada por muitos, é recontada pelo jornalista fluminense Wilson Aquino no livro Verão da Lata, lançado neste mês pela editora Leya.

Foi um tempo em que surfistas iam ao mar procurando um brilho que denunciasse as latas. Outros alugavam barcos e iam longe da costa ou a ilhas costeiras para achá-las. Eles procuravam recipientes fechados a vácuo, recheados com maconha conservada em mel e glicose.

O destino das latas não se resumiu ao Rio de Janeiro. As primeiras apareceram no litoral norte de São Paulo em setembro de 1987. Depois, foram encontradas em diversos pontos da costa entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul.

Vindas do mar, haviam 22 toneladas de maconha. Eram 15 mil latas de até um quilo e meio cada. Difícil de imaginar que um dia isso aconteceu. “Eu estava numa conversa com pessoas mais jovens e algumas achavam que o verão da lata não tinha existido, que era mais um dos folclores da cidade. Aí surgiu a ideia de fazer o livro”, conta Aquino.”
Artigo Completo, ::AQUI::

5 comentários:

Anônimo disse...

è este foi uns dos melhores verões da minha vida! aqui no sul surgiram varias dessas latas.
Henrique

Anônimo disse...

Eis o video

http://www.youtube.com/watch?v=_wpZVwiO42c

Anônimo disse...

Huauahauha tenho um grande amigo que pegou algumas latas...Altas histórias!!

Anônimo disse...

Meu tio sempre conta que foi com varios amigos para a Ilha do Mel aqui no litoral do paraná. Iam passar o verao surfando com pouca grana, a maconha era pouca, mas ja nos primeiros dias encontraram uma ou duas latas.

Anônimo disse...

Saudades!!!! muita saudade!!! depois disso nunca vi nada igual....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...