"Corações Sujos" retrata ação de seita no Brasil


Sérgio Rizzo, Valor Online

“Um filme de samurais com ação, violência, suspense e uma dose amarga de drama romântico, ambientado nos anos 1940 e falado quase inteiramente em japonês, com atores japoneses de primeiro time interpretando os protagonistas e trilha sonora, feita para violinos, composta por um músico japonês. Mas atenção: o filme é brasileiro, com a trama localizada no interior de São Paulo e uma criança brasileira que rouba a cena dos adultos.

"Corações Sujos", que estreia amanhã no Brasil depois de receber boa acolhida no Japão, parece saído dos rincões da mais pura imaginação, mas tem origem em fatos verídicos - incríveis, mas ainda assim verídicos - extraídos do livro-reportagem homônimo do jornalista Fernando Morais.

Publicada em 2000, a obra reconstitui a trajetória da Shindo Renmei, organização criada por imigrantes japoneses que não acreditavam, contra todas as evidências, na derrota japonesa na Segunda Guerra (1939-1945).

Apoiados pela maioria da colônia, eles eram os "vitoristas", que se diziam fieis ao imperador Hiroíto e à pátria-mãe. Tinham como alvo os "derrotistas", os donos dos "corações sujos" - imigrantes que, em geral mais integrados à sociedade brasileira, assimilaram a derrocada do Japão.”
Artigo Completo, ::AQUI::

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...